Domingo, dia 22 de Outubro de 2017 - Agência de Notícias da cidade Portal do Pantanal
EVENTOS
SOCIAL
ANIVERSÁRIOS
LAZER
16/05/2017 - 14:45
Preço da saca de milho cai 56% e comercialização estagna em MS
 
 
 
A comercialização da safra de milho está estagnada em Mato Grosso do Sul. Produtores estão segurando a venda devido aos preços baixos deste ano, causada pela queda do dólar. A saca de 60 quilos que no ano passado era vendida a R$ 48, este ano é comercializada a R$ 21, queda de 56%.

De acordo com o analista técnico da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS), Luiz Eliezer, a comercialização do milho até ontem (15) estava em 14,88%. "No ano passado, no mesmo período, os produtores já tinham vendido 44% da produção, retração de 30%", afirma.

O dólar baixo explica os números. Em 2016, a moeda americana estava próxima de R$ 4 e este ano, varia entre R$ 3,10 e R$ 3,12. "2016 foi um ano atípico, com cenário político econômico diferente, dólar alto e isso fez com que os preços do milho fossem recordes e a comercialização fosse rápida. Este ano, acontece o contrário. Tivemos uma safra recorde, mas os preços estão baixos".

Outro motivo para a comercialização avançada no ano passado, do grão, foi a quebra de safra de 33% nas lavouras do Estado. "O produtor já tinha comercializado 20% antes, houve a quebra de safra e ele precisou repor o produto".

Com este cenário, o produtor tem segurado o produto, deixando o mercado "travado". "A melhora depende de vários fatores, do dólar, do ambiente político econômico e do mercado internacional. Não tem perspectiva de melhora por enquanto, se houver alta será pontual", explica.

Soja - A colheita da soja já terminou e a comercialização do grão em Mato Grosso do Sul chega a 53%. Assim como o milho, o cenário do mercado também não é dos mais atrativos e os preços estão baixos.

Em maio de 2016, a saca de 60 quilos era vendida a R$ 74,81, em maio deste ano, é comercializada a R$ 58, queda de 22%.

Para a soja também não há uma perspectiva de melhora e o produtor está atento ao mercado, segurando o produto, até que apresente uma alta no dólar ou melhora no mercado internacional.
Campo Grande News
 
Curtiu o Aquidauana News?
Mais notícias
 
16 de Maio de 2017
07:13
 
 
 
15 de Maio de 2017
18:00
 
 
17:45
 
 
17:30
 
 
17:15
 
 
17:00
 
 
16:45
 
 
16:30
 
 
16:15
 
 
16:00
 
 
15:45
 
 
 
 
 
 
15:00
 
 
 
 
14:30
 
 
 
 
14:00
 
 
13:45
 
 
13:30
 
 
13:15
 
 
 
 
12:45
 
 
12:45
 
 
12:30
 
 
12:15
 
 
 
 
11:45
 
 
11:30
 
 
11:15
 
 
 
 
10:45
 
 
 
 
10:15
 
 
10:00
 
 
09:45
 
 
09:30
 
 
09:15
 
 
09:00
 
 
08:45
 
 
 
 
08:15
 
 
08:00
 Busca por data:
Aquidauana News - Junho de 2002 - Todos os direitos reservados CW Assessoria e Marketing
Editor Responsável - Wilson de Carvalho - (67) 9908-2687 - [email protected]