Segunda-feira, dia 24 de Julho de 2017 - Agência de Notícias da cidade Portal do Pantanal
EVENTOS
SOCIAL
ANIVERSÁRIOS
LAZER
11/07/2017 - 15:45
Marquinhos autoriza expedição de mais de 1.300 alvarás de táxi e mototáxi
 
 
 
Dois decretos do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), publicados em edição extra do Diário Oficial desta terça-feira (11) ampliam em 707 e 638 o número de alvarás táxi e mototáxi na Capital, respectivamente. As novas concessões serão realizadas, conforme prevê o dispositivo, mediante procedimento licitatório.

Em abril, o prefeito chegou a autorizar a liberação de 217 novos alvarás para taxistas e mototaxistas, além da permissão para que os prestadores de serviço concedam descontos de até 30% nas corridas.

Marquinhos lembra que essa questão se arrasta há mais de 20 anos e o não cumprimento da lei fez com que Campo Grande se tornasse a penúltima Capital com menor proporção entre habitantes e o número de táxi.

“Estamos resolvendo uma questão que não era enfrentada já que causa sempre muita polêmica, mas não podemos nos omitir e fizemos o que era necessário, respeitando a sociedade já que as decisões estão sendo tomadas com a participação de todos os envolvidos, com a participação popular, que é de suma importância para uma construção democrática em tudo que envolve a coletividade”, avalia o chefe do Executivo.

Sobre a permissão para que os taxistas concedam desconto para os passageiros, de até 30%, o prefeito disse que a medida vai permitir a concorrência, especialmente em função da prestação dos serviços de caronas pagas. “O cidadão terá a liberdade de escolher o tipo de transporte que ele deseja para fazer seu trajeto e com o valor mais equiparado irá, inclusive, forçar a melhoria da qualidade do serviço oferecido por todas as modalidades”, defende Marquinhos.

CPI – Paralelamente à concessão, a Câmara Municipal realiza uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar a concentração de alvarás nas mãos de poucos permissionários ou famílias.

Em março deste ano, o Campo Grande News noticiou que 15,5% dos então 490 alvarás da Capital concentram-se na mãos de apenas 10 pessoas.

Ontem (11), primeiro dia de oitivas no âmbito da CPI, apenas uma das quatro pessoas convocadas para prestar depoimento foi ao plenário. O herdeiro da Rádio Táxi, Elton Pereira de Mattos, prestou esclarecimento aos vereadores.

Alegando problemas de saúde Francisca Pereira dos Santos, viúva do dono da Rádio Táxi Moacir Joaquim de Mattos e mãe de Elton, faltou a sessão nesta manhã. Juntos, os três têm 51 alvarás de táxi. As 27 concessões de Moarcir ainda não foram divididas com a família.

Os proprietários da Orocídio de Araújo ME, Orocídio de Araújo e sua esposa Maria Helena Juliace de Araújo, estão viajando e não compareceram para prestar esclarecimentos.
Campo Grande News
 
Curtiu o Aquidauana News?
Mais notícias
 
11 de Julho de 2017
07:26
 
 
 
 
07:00
 
10 de Julho de 2017
18:00
 
 
17:45
 
 
17:30
 
 
 
 
17:00
 
 
16:49
 
 
 
 
16:23
 
 
16:10
 
 
15:56
 
 
15:42
 
 
15:28
 
 
15:14
 
 
15:00
 
 
 
 
14:30
 
 
14:15
 
 
14:00
 
 
13:45
 
 
13:30
 
 
 
 
12:45
 
 
12:30
 
 
12:15
 
 
12:00
 
 
11:50
 
 
11:38
 
 
11:24
 
 
11:10
 
 
10:56
 
 
10:42
 
 
10:28
 
 
 
 
10:00
 
 
09:45
 
 
09:30
 
 
 
 
 
 
08:50
 
 
08:39
 
 
08:26
 
 
 
 
08:00
 
 
 
 
07:30
 
 
 
 
07:00
 Busca por data:
Aquidauana News - Junho de 2002 - Todos os direitos reservados CW Assessoria e Marketing
Editor Responsável - Wilson de Carvalho - (67) 9908-2687 - ducarvalho@terra.com.br