Domingo, dia 18 de Novembro de 2018 - Agência de Notícias da cidade Portal do Pantanal
EVENTOS
SOCIAL
ANIVERSÁRIOS
LAZER
01/07/2018 - 09:00
Indústrias vão investir R$ 13 milhões e abrir 100 vagas em Campo Grande
Seis projetos para instalação, ampliação e relocalização de empresas foram aprovados
 
 
 
A Prefeitura de Campo Grande autorizou a doação de áreas públicas no valor de R$ 1,98 milhão e incentivos fiscais para três empresas que estão investindo R$ 13,5 milhões em empreendimentos na Capital.

Os benefícios foram concedidos por meio do Programa de Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande (Prodes) e, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Sedesc), devem gerar 100 empregos diretos no município.

Neste ano, conforme dados da prefeitura, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (Codecon) aprovou seis projetos para instalação, ampliação e relocalização de empresas na Capital, totalizando R$ 31,8 milhões em investimentos e com a estimativa de geração de 190 postos de trabalho. 

“Só no ano passado, foram investidos quase R$ 170 milhões e, do início da nossa gestão até hoje, foram gerados quase mil empregos novos, resultantes de investimentos por meio da Lei do Prodes.

A cidade voltou a crescer, voltou a ter obras, e a economia está se movimentando positivamente”, declarou o prefeito Marcos Trad, durante ato de sanção dos três projetos de lei, na quinta-feira. O evento teve a participação da vice-prefeita Adriane Lopes e do secretário de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia (Sedesc), Luiz Fernando Buainain.

PROJETOS 

De acordo com as leis publicadas na sexta-feira (29) no Diário Oficial de Campo Grande, receberão incentivos do Prodes a empresa TDC Engenharia, que trabalha com soluções para prestação de serviços de infraestrutura nas mais diversas áreas; a Cervejaria Navarro (do ramo de bebidas, pretende produzir a Cerveja Promesa); e o Hospital Santa Marina, do ramo de saúde.

Com investimentos previstos de R$ 2,09 milhões e previsão de gerar 20 novos empregos, a TDC Engenharia vai receber área de 10 mil metros quadrados e valor de R$ 842,2 mil no Polo Empresarial Oeste, além de redução para 2% do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) sobre as obras de construção e redução de 50% do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) pelo período de três anos.

Para a Cervejaria Navarro, que vai investir R$ 10,8 milhões e promete gerar 60 novos empregos, a área pública cedida, também de 10 mil metros quadrados, está localizada no Polo Oeste e está avaliada em R$ 1,14 milhão. Os demais incentivos concedidos pela prefeitura são a isenção das taxas e do ISSQN sobre as obras de construção do empreendimento, bem como a redução de 30% do IPTU por três anos. 

Já o Hospital Santa Marina receberá, na forma de incentivos pelos investimentos de R$ 700 mil e geração de 20 empregos em Campo Grande a redução de 30% do IPTU por cinco anos e a redução da alíquota do ISSQN para 3% sobre os serviços prestados pelo prazo de cinco anos.
Correio do Estado
 
Curtiu o Aquidauana News?
Mais notícias
 Busca por data:
Aquidauana News - Junho de 2002 - Todos os direitos reservados CW Assessoria e Marketing
Editor Responsável - Wilson de Carvalho - (67) 9908-2687 - ducarvalho@terra.com.br