Sábado, dia 18 de Agosto de 2018 - Agência de Notícias da cidade Portal do Pantanal
EVENTOS
SOCIAL
ANIVERSÁRIOS
LAZER
25/05/2018 - 09:15
Corinthians erra o alvo, vê pintura de rival e perde na estreia de Loss
 
 
 
O Corinthians não teve um mau desempenho na noite desta quinta-feira, mas ficou longe de dar ao seu torcedor o resultado que desejava. Depois de perder muitos gols, parando tanto na falta de precisão do ataque quanto em boas defesas do goleiro Faríñez, o Alvinegro viu Carillo, na metade do segundo tempo, acertar um lindo chute, no ângulo de Walter, decretando o triunfo do Millonarios na Arena Corinthians.

Apesar do resultado, o Timão se manteve na primeira posição do Grupo 7, com um saldo superior ao do Independiente, dono dos mesmos 10 pontos (6 a 2). O problema é que o time ficou apenas na sexta posição entre os primeiros colocados da competição, diminuindo a chance de decidir em casa os mata-matas. O sorteio para saber o adversário será no dia 4 de junho, na sede da Conmebol.

Na outra partida do grupo, o Independiente conseguiu uma vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara, da Venezuela, chegou aos dez pontos e sacramentou a sua classificação à próxima fase. O primeiro saiu na parte final do primeiro tempo, quando Benítez bateu escanteio, a bola saiu baixa e o goleiro Salazar falhou na tentativa de afastar, mandando para a própria meta. Na etapa final, com um a mais, os argentinos fecharam o placar com o centroavante Gigliotti.

Os comandados de Osmar Loss agora dão um tempo na disputa da Libertadores da América, que só será retomada no próximo semestre, depois da Copa do Mundo. Antes do Mundial, o Alvinegro terá pela frente seis rodadas do Campeonato Brasileiro, sendo a primeira delas o duelo contra o Internacional, às 16h (de Brasília) do domingo, no Beira-Rio.

Jogo movimentado, Corinthians descalibrado

O primeiro tempo da partida mostrou um Corinthians muito superior técnica e taticamente com relação ao adversário, focado em construir uma linha de cinco defensores, protegidos por dois volantes, evitando que o Alvinegro tivesse qualquer possibilidade de contra-ataque. Coube aos meias, então, achar espaço na defesa adversária no jogo posicionado, apostando sempre na movimentação do 4-2-4 corintiano.

A chance inicial de perigo saiu com Maycon, que se infiltrou entre os zagueiros e recebeu passe por elevação de Jadson. O canhoto teve que girar para a perna boa, perdeu um pouco de tempo, mas conseguiu proteger da chegada do zagueiro e chutar cruzado, mandando para fora do gol. Pouco depois, em cruzamento de Romero, pelo lado esquerdo, Rodriguinho não alcançou e Faríñez espalmou para o lado.

Muito espaçado em campo, o Millonarios atacava praticamente só com os três jogadores de frente, sempre dominados pela boa recomposição corintiana. Em bola parada, Del Valle saiu cara a cara com Walter e abriu o placar, mas estava em claro impedimento. A resposta corintiana veio com Rodriguinho. Até então sumido, ele recebeu na área, deu lindo drible em Rivas e, cara a cara com Faríñez, optou por chutar no canto direito, facilitando a defesa do goleiro.

O jogo diminuiu de ritmo na sequência, bastante por causa dos erros de passe dos donos da casa. Sem a necessidade da vitória para a classificação e aparentemente relaxados, os corintianos erraram 41 passes, algo grave em qualquer ocasião, ainda mais quando se tem pela frente um adversário que jogou para se defender. Dessa forma, o placar não teve como não ir zerado para o intervalo.

Golaço desmonta melhor momento corintiano

O retorno para a etapa final mostrou um Millonarios um pouco mais ofensivo, tratando de ficar mais mais com a bola e tentar trabalhar os ataques. A grande chance, no entanto, veio em um vacilo de Mantuan. último homem da defesa após cobrança de escanteio, ele errou o domínio e viu Valencia passar como um caminhão sem freio ao seu lado. O canhoto limpou o jovem lateral e ficou com o gol aberto para si, mas preferiu tocar para o meio, no pé de Gabriel, que afastou.

O lance pareceu dar ânimo ao Timão, que quase chegou ao gol antes dos 20 minutos. Após boa enfiada de Jadson, Rodriguinho tentou encobrir o goleiro e parou em boa saída do venezuelano. Na sobra, Jadson conseguiu vencê-lo, mas RIvas, em cima da linha salvou. Pouco depois, aos 24, Maycon soltou uma bomba e parou em Faríñez. Na sobra, Romero tentou de primeira e mandou rente à trave.

No melhor momento da equipe na partida, no entanto, os anfitriões foram surpreendidos. Em lance pela esquerda, Balbuena tentou fazer o corte em passe que tentava o centroavante Del Valle. A bola acabou sobrando no meio, na entrada da área, e viu Carrillo acertar um lindo chute no ângulo de Walter, que nada pôde fazer. Balde de água fria em Itaquera e muita festa dos animados colombianos.

A pressão corintiana seguiu forte e chegou a resultar em gol, mas o juiz apontou impedimento inexistente quando SIdcley serviu Dutra sem goleiro. Pouco depois, Rodriguinho ainda teve boa chance de empatar com um chute de pé esquerdo, parando em defesa de Faríñez, que assegurou o triunfo colombiano. Resultado ruim para os alvinegros, mas que ouviram da arquibancada um alento. “Eliminado”, cantaram os corintianos, em direção aos visitantes.
DAS AGÊNCIAS
 
Curtiu o Aquidauana News?
Mais notícias
 
25 de Maio de 2018
 
 
08:45
 
 
 
 
08:15
 
 
 
24 de Maio de 2018
13:30
 
 
13:15
 
 
13:00
 
 
12:45
 
 
 
 
12:15
 
 
12:00
 
 
11:45
 
 
11:30
 
 
11:15
 
 
 
 
10:45
 
 
 
 
10:15
 
 
10:00
 
 
09:45
 
 
09:30
 
 
 
 
09:00
 
 
08:45
 
 
08:30
 
 
08:00
 Busca por data:
Aquidauana News - Junho de 2002 - Todos os direitos reservados CW Assessoria e Marketing
Editor Responsável - Wilson de Carvalho - (67) 9908-2687 - ducarvalho@terra.com.br